Quarta-feira, 8 de Abril de 2009

Poemas de Amor

Diga-me

Como aceitar essa saudade,
se o que eu quero é você comigo?

Como entender tua ausência,
se tantas vezes estivemos juntos?

Como sorrir tranparecendo alegria,
se o meu coração chora?

Como fugir do passado,
se através dele conheci você?

Como ser feliz agora,
se estou sozinha?

Como aceitar outros carinhos,
se é você quem me completa?

Como suportar tudo isso,
se tudo o que preciso é você?

Como dizer-te adeus,
se existe a esperança de um novo reencontro?

Como desistir de sonha,
se acredito que um dia iras voltar?
 
 
 
 
 
 
Fotografia
 

Falo de coisas que
Antes de você
Eu não saberia dizer
Hoje
Dou voz ao meu coração num pedaço de papel
Transformo em palavras meus sentimentos
Faço rimas de mim
E de você

Já não me importo
Se por vezes pareço ridículo
Não tenho vergonha do que escrevo
Porque não tenho vergonha do que sinto
Porque escrevendo, eu existo
Fotografo o intante exato em que sinto
Como fotografo agora
O intante em que me faço dizer:
Nunca estive tão apaixonado
Nunca amei ninguém no mundo
Como agora amo você



 

publicado por encantodemensagens às 18:11

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ...

. Frases de Amor

. Frases de Amizade

. Poemas de Amizade

. Versos de Amor

. Poemas de Amor

.arquivos

. Abril 2009

.favorito

. Poemas de Amor

blogs SAPO

.subscrever feeds